Essa sprite com pipoca



Hoje eu quis ver um filme francês. Daqueles que te fariam dormir nos primeiros segundos, ou te levariam a fazer graça do sotaque engraçado do ator principal. E me surpreendi quando, sem nem perceber, me peguei pedindo uma pipoca com sprite antes de entrar na sala do cinema.


Eu, que sempre fui tão apegada com as minhas próprias manias, de repente me vi nas suas.


Já faz quase seis meses que juntamos as escovas de dentes e estou cada vez mais perplexa sobre como eu tinha visões erradas sobre isso tudo. Eu não sabia que você suportaria ver meus sapatos espalhados pela sala com tão bom humor. E que aprenderia a fazer aquele molho de tomate da minha mãe. Eu não achava que você entenderia minhas chaves esquecidas do lado de fora da porta, ou que faria questão de ter um pinheiro de verdade no Natal. Eu não achava muita coisa.


E, muito menos, me imaginava pedindo essa sprite com pipoca antes de adentrar, sozinha, nessa sala de cinema - "quem é que vai sozinho no cinema?" Eu te dizia.


É, você me mudou. Ficando com você, descobri que também gosto de ficar comigo mesma. E que adoro sprite com pipoca.


---


Essa é a Marcella, mais conhecida como Mama.


Ela é uma das pessoas mais importantes da minha vida. As vezes eu acho que ela não acredita muito nisso, mas ela é meu porto-seguro. Ela é minha prima-irmã-melhor-amiga. A gente que usava as mesmas roupas quando pequena. Eu usava rosa e ela amarelo. A gente que teve uma fase que não tinha ideia do que estava acontecendo uma na vida da outra, hoje marcamos religiosamente a nossa conversa semanal que "vai ser rapidinho" - é o que dizemos para os nossos maridos - e elas nunca duram menos de duas horas.


E quando eu comecei a escrever aqui, ela foi uma das minhas maiores incentivadoras, como sempre. Logo ela! Que escreve tão bem. Logo ela que tem um domínio das palavras que eu nunca vi em outra pessoa antes. Deu pra perceber, né?


E esse espaço aqui vai estar sempre aberto pra todos os seus textos, Ma. Porque você merece, porque você também decidiu se amar, porque você é uma pessoa que vale a pena o mundo existir só pra gente ter o prazer de te conhecer. E essa também é uma forma da ficar junto, porque eu morro de saudades de você. Todo-santo-dia!


Te amo.