A casa sem vida



Eu sou virginiana. Logo, metódica.


Muita gente te disse que virginianos são completamente encanados com bagunça. Não podem ver uma poeira fora do lugar que já ficam malucos. A minha realidade é que SIM, sou metódica. Mas só com as coisas que eu realmente me importo. E eu descobri que as coisas que eu me importo mudaram muito ao longo dos anos.


Quando eu sai de casa pra morar sozinha a primeira vez com 21 anos, minha casa ficava de ponta-cabeça. O lugar de guardar sapatos era no chão da sala, os cabides das jaquetas eram as cadeiras da mesa de jantar e o mofo morava na minha louça (nojinho, eu sei!).


Com 24 eu passei a dividir a casa com o meu irmão e o quarto com a minha prima. Mas dessa vez a bagunça não era uma opção para mim. Eu queria a louça lavada, e o meu irmão queria cultivar o mofo na pia. Eu queria as roupas dentro do armário, e a minha prima queria que o guarda-roupas fosse a escrivaninha.


Com 25 fui morar com o meu marido. A sorte dele é que eu já tinha feito estágio com dois bagunceiros, e, como o universo é muito sábio, ele seria o terceiro a passar pela minha vida. Nosso quarto nunca ficava arrumado e a nossa mesa na produtora era sempre um caos.


Com 27 nos mudamos pra Londres. E o meu pensamento era “minha casa - minhas regras”. AGORA VAI FUNCIONAR! Coitada da virginiana, metódica, que não gosta mais de bagunça na casa.


A gente sempre tem uma louça pra lavar, louça pra guardar no armário, roupa pra colocar na máquina, roupa pra pendurar no varal, roupa pra dobrar, cama pra arrumar, mesa do quarto bagunçada, brinquedos da Olivia espalhados pela casa… E sempre vai ter uma cozinha com pilhas de pratos, uma sala cheia de roupas (nosso varal fica dentro da sala), um quarto cheio de coisas que sempre aparecem do nada - carta do banco, da conta da internet, do pet shop da Olivia, prato de comida, caneca de chá.


Mas sabe por que tudo isso acontece? Porque a gente ama cozinhar em casa. Porque - graças ao lindo proprietário dessa casa - nós temos máquina de lavar E secar (imagina ter que levar tudo numa lavanderia e ficar lá esperando?). Porque a gente tem conta no banco e uma internet. E porque a gente decidiu ter uma filha preta de olhos verdes.


Quando você vê uma casa bagunçada tem um montão de coisas por trás disso. E, no nosso caso, não é o descaso com o nosso cantinho, mas um excesso de amor por ele. Uma vontade enorme de aproveitar o que temos, de cuidar do que a gente vem construindo, e muitas vezes, um cansaço gigante por ter trabalhado por horas.


E ai eu descobri, a duras penas, que uma casa sem bagunça é uma casa sem vida.

#casa #bagunça #vida #home #lar #bagunceiro #casasemvida #aceitação #aceitar