O dia que eu fui reconhecida



Quem não gosta de ser reconhecido?


Você pode ter dificuldade de lidar com isso, mas é impossível dizer que você não fica feliz quando isso acontece.


Ontem eu fui reconhecida no restaurante de sucos e wraps que eu e o Pablo fomos apenas duas vezes. A garçonete italiana me entregou o meu pedido e me disse "obrigado" - em português - e sorriu. Perguntei se estava tudo bem, ela disse que sim e segui meu rumo.


Nesse final de semana dois italianos (sempre eles!) que foram no restaurante onde eu trabalho na semana passada me reconheceram! Abriram um sorriso enorme quando entraram no restaurante e me viram.


Os seguranças de um dos mercados perto de casa também me reconhem, assim como o turco do mercado na frente. A moça que vende wrap na feira aos domingos já sabe o que a gente vai pedir.


Não precisamos mudar de país para amar a sensação de ser reconhecido. Uma casa nova - mesmo que seja no mesmo bairro, um trabalho novo, uma aula de yoga que você começou a fazer, ou um mercado que você já é cliente fiel.


É bom ser lembrado! Ainda mais quando a lembrança de quem é você vem acompanhada de um sorriso.

#reconhecimento #reconhecido #lembrado #fazeradiferença #pessoas #sorriso #amor #larissavaiano